Pandemia: como fica a saúde mental do empreendedor?

A pandemia de Covid-19 tem trazido consequências às vidas de basicamente qualquer pessoa no planeta. Com muitas empresas fechadas e com o consumo reduzido, a economia dos países também tem sido afetada, o que naturalmente pesa também sobre a pequena e a média empresa.

Nesse contexto desafiador, os empreendedores podem sentir-se angustiados pelas alterações na rotina e pelos medos de perdas financeiras. Assim, o que é possível fazer para amenizar os impactos do novo coronavírus sobre a saúde mental do empreendedor? Confira algumas recomendações a seguir:

1. Aceite as circunstâncias

Sabe aquela frase clássica de “aceita que dói menos”. Pois é, ela é cruel, mas verdadeira. Uma doença de alto contágio modificando vidas no mundo inteiro não é sua culpa, nem tinha como ser prevista. As pessoas vão ficar mais em casa, vão consumir menos e, consequentemente, a economia vai estacionar, ou mesmo retroceder, segundo especialistas.

Faça o que for possível: funcionar em home office, cortar gastos, vender pela internet ou por telefone, enfim, o que der. Decisões difíceis deverão ser tomadas, e infelizmente, isso faz parte da vida do empreendedor, sobretudo em momentos de crise. Procure fazer o que for melhor, mas não se culpe por questões que não estão sob seu controle.

2. Mantenha a rotina

Trabalhar de casa é desafiador. Por isso, procure manter a rotina, com hora para dormir, hora para acordar, hora para trabalhar, hora para alimentar-se e hora para lazer (em casa). Se tiver um tempo, recicle seus conhecimentos profissionais por meio de leituras e cursos à distância.

Tenha disciplina para manter a produtividade, mas não abra mão de momentos de descanso e de contato com a família. Organize seu ambiente de trabalho em casa, concentre-se, mas determine horário para o início e o fim do expediente.

3. Cultive o diálogo, a empatia e a transparência

Ser líder de uma empresa é manter abertos os canais de comunicação. Mesmo em fases de isolamento social, é preciso manter isso, seja por telefone, e-mails, redes de comunicação interna, videoconferências, entre outros.

O importante é que seus colaboradores sintam-se amparados. Assim, distribua tarefas, tire dúvidas e, acima de tudo, tenha empatia com todos nesse momento conturbado. O diálogo é sempre uma ótima maneira de manter a saúde mental.

4. Cuide da saúde física

Já diz o ditado: “mente sã, corpo são”. Por isso, cuidar da saúde física é também cuidar da saúde mental. Dormir entre 6h e 8h por noite, alimentar-se de forma saudável, praticar exercícios físicos (em casa) e tomar alguns minutos diários de sol são medidas recomendadas pelos especialistas para manter o organismo funcionando adequadamente.

Um corpo que sabe a hora de estar ativo e de descansar permite que o cérebro também reconheça essa rotina. Isso ajuda a prevenir os quadros de ansiedade.

5. Invista em atividades relaxantes

O isolamento social pode nos deixar mais tempo contemplando nossos próprios pensamentos, que muitas vezes são projeções bastante pessimistas da realidade. É o cenário perfeito para o surgimento de quadros ansiosos ou depressivos.

Para evitar que isso ocorra, invista em atividades relaxantes, como bater papo com amigos e familiares por videochamadas, fazer uma noite de jogos, assistir a filmes e séries, ler um livro bacana, fazer palavras-cruzadas, ouvir música, dançar, cantar, orar, meditar, malhar, enfim, descubra o que te relaxa para extravasar suas energias represadas.

6. Mantenha-se informado, mas filtre as informações

Por fim, é importante que todo empreendedor continue se mantendo informado sobre o que acontece ao seu redor. É necessário saber o que se passa no Brasil e no mundo acerca de saúde, economia, política, cultura etc.

Contudo, é importante relembrar que o excesso de notícias (que infelizmente têm sido bastante negativas recentemente) pode ser gatilho para crises depressivas ou ansiosas. Por isso, se você já teve uma noção do que aconteceu no dia, não tem por que continuar a consumir notícias. Além disso, fuja de noticiários sensacionalistas.

Lembre-se: nenhuma crise é eterna. Tudo passará. Até lá, conte com a Via.

VIAA plataforma inteligente que trabalha por você!

Não saia ainda, deixe seus dados que vamos surpreender você!