O que é a Indústria 4.0 e o que ela promete para o mercado

Durante nossa existência, diversas mudanças comportamentais e tecnológicas que transformaram nosso comportamento, nos trazendo até os tempos atuais e a Indústria 4.0.

Para entendermos melhor este termo, é importante fazermos uma contextualização histórica, buscando as primeiras revoluções industriais.

Vamos começar então com a 1ª Revolução Industrial, que teve início em 1760. Esta primeira revolução buscou inovações para a criação de energia mecânica e de motores a vapor.

A 2ª Revolução Industrial, iniciada entre 1850 e 1870, surgiu com o objetivo de fazer a eletrificação das fábricas, além do modelo de produção em massa criada por Henry Ford.

Já na 3ª Revolução Industrial, começamos a trabalhar a Automação. Com a Tecnologia de Informação, foi possível utilizar computadores para automatizar tarefas mecânicas e repetitivas.

Nos anos 2000, com os conhecimentos já adquiridos, a indústria passou a focar em assuntos como Inteligência Artificial e Robótica (entre outros), que juntos, deram início à Industria 4.0 ou 4ª Revolução Industrial.

Trata-se de um conjunto de tecnologias que permitem a fusão do mundo físico, digital e biológico, englobando conceitos de automação, controle e tecnologia da informação.

O que muda com esta nova era da indústria?

A projeção é que haja uma economia de aproximadamente R$73 bilhões de reais por ano no Brasil, reduzindo custos de manutenção de máquinas e economizando energia, assim, ganhando eficiência nas produções.

Com a indústria ainda mais automatizada, espera-se que a economia do Brasil melhore de forma considerável, consequentemente aumentando a produtividade.

A expectativa é que as empresas ganhem mais espaço para fazer uso mais eficiente dos seus recursos, fazendo com que seus produtos e serviços sejam mais competitivos dentro e fora do Brasil.

VIA: A plataforma inteligente que trabalha por você!

Não saia ainda, deixe seus dados que vamos surpreender você!