Como contratar funcionários para a minha empresa?

Toda empresa é feita, essencialmente, por pessoas. Por isso, mais do que investir em qualquer estrutura tecnológica, é primordial saber realizar a contratação de funcionários. No entanto, esse processo pode ser um dos mais complicados na vida do empreendedor.

A qualificação profissional, a compatibilidade do perfil do candidato com o da empresa, além das questões mais técnicas são as principais preocupações. Portanto, conduzir um bom processo de contratação de funcionários ajuda a empresa a garantir melhores resultados e a evitar problemas trabalhistas. Nesse sentido, confira algumas recomendações a seguir:

Comunique a vaga com clareza

O anúncio de uma vaga de emprego deve ser claro, constando as informações da empresa, o cargo, os benefícios e todas as responsabilidades da posição. O profissional deverá chegar à entrevista bem informado, de modo que nem ele nem a empresa frustrem-se um com o outro.

A opção “salário a combinar” é válida, mas sempre representa um risco de incompatibilidade de expectativas.

Fique atento à documentação e aos impostos

Qualquer vínculo de trabalho precisa de algum registro, seja a carteira assinada ou um contrato. O empregador deve estar atento aos impostos, como IRPF e INSS, cujos valores descontados são repassados aos órgãos de assistência ao contribuinte quando solicitar seguro desemprego, por exemplo.

Além disso, a empresa deve depositar mensalmente o fundo de garantia (FGTS) em nome do colaborador, para que possa usufruir do benefício em caso de demissão.

Conheça os benefícios específicos de cada profissão

Médicos e jornalistas, por exemplo, possuem cargas horárias diferenciadas. Professores possuem um sistema de remuneração que geralmente é baseado na quantidade de aulas que ministram. Esses são apenas alguns dos exemplos de como é importante conhecer as especificidades de cada profissão.

Uma boa dica é contar com assessoria jurídica para que nenhum dos direitos do trabalhador seja esquecido, o que pode causar problemas para a empresa. Assim, tire todas as suas dúvidas sobre vale-transporte, vale-refeição, férias remuneradas, 13º salário, horário de almoço, além das particularidades de cada segmento profissional.

Valorize o profissional contratado

A valorização de um profissional vai muito além de uma remuneração adequada e de todos os benefícios que a lei garante. Além destes itens, é importante que o trabalhador se sinta amparado, tendo a quem recorrer em caso de dúvida ou dificuldade. Por isso, o processo de integração desse profissional com a equipe é importante, já que estabelece um vínculo de troca de conhecimento.

Também é importante manter um canal de comunicação aberto entre chefias e funcionários, de modo que os dois lados tenham liberdade para dialogar e comunicar algo que não esteja agradando. Por isso, lembre-se de que a transparência é o caminho mais rápido para a solução de qualquer problema.

A vantagem das empresas de menor porte é exatamente esta: o empreendedor pode conhecer cada um de seus colaboradores pelo nome, construindo uma atmosfera de familiaridade e de reconhecimento.

Avalie o desempenho

Por fim, algum tempo após sua contratação, o funcionário deseja saber como sua atuação está sendo vista. Por isso, seja transparente ao dar feedbacks, sejam eles positivos ou negativos, mas sempre com muito respeito e ética.

Uma dica importante nesse sentido é deixar claras as regras do jogo, de modo que os funcionários entendam os porquês de alguém ter sido promovido ou agraciado com um aumento salarial.

VIAA plataforma inteligente que trabalha por você!

Não saia ainda, deixe seus dados que vamos surpreender você!