Como fazer um bom controle de estoque?

Planejar e calcular a quantidade de estoque a repor é uma questão complicada para alguns comerciantes. É importante, porém, saber a quantidade exata de itens para repor, sem que haja falta ou excesso.

Seja como matéria prima ou como produto direto de venda, se não for feito o cálculo correto, pode haver prejuízos. No caso da matéria prima, poderá comprometer a produção, atrasando a entrega. Já com o produto de venda, o cliente ficará sem o produto desejado, obrigando-o a procurá-lo em outra loja.

Para te ajudar a sua empresa a não sofrer com esse tipo de situação, te daremos dicas para se organizar na compra dos materiais, comprando somente o essencial e evitando gastos desnecessários, sem escassez ou sobra de produto.

Antes de mais nada, é importante ter um bom controle de estoque. Manter as atualizações sobre tudo que entra e sai te ajuda a saber a quantidade de produto que precisa ser reposta.

Com isso, é possível visualizar mês a mês a quantidade de matéria prima utilizada ou a quantidade de produtos vendidos, fazendo uma média por período. Assim, ao longo do mês, você terá a informação do percentual que ainda será preciso conforme for utilizando os produtos, seja na produção ou na venda.

Este cálculo serve como base somente para calcular a quantidade de mercadoria necessária para se manter ativo e sem prejuízos. Casos mais complexos envolvem também custo de falta de estoque, custo de perda de produtos, custo de manutenção, porcentagem de lucro por produto, dentre diversas outras possibilidades.

Portanto, é importante que se tenha bem definida a informação necessária. No caso de controle de estoque, é essencial que seja feito de forma regular, com informações precisas para que não haja prejuízos!

VIA: Liberdade para fazer aquilo que ama!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *