Como produzir um bom currículo e atrair mais oportunidades no mercado

Estar apto para entrar no mercado de trabalho é uma dificuldade que a grande maioria dos profissionais enfrentam. Além de questões variáveis como a demanda por profissionais e o desemprego, é importante que o próprio profissional trabalhe na sua capacitação.

A primeira imagem que uma empresa tem de nós é através do nosso currículo. Como diz o ditado “a primeira impressão é a que fica”, por isso, devemos estar atentos ao que colocamos neste documento.

É importante causar uma boa impressão, trabalhando com as capacitações que você já possui. Não coloque no currículo algo que você não saiba fazer, isso pode te prejudicar!

Para te ajudar neste processo de produção do seu currículo, separamos algumas dicas que irão facilitar este momento e te nortear ao longo do processo. Veja:

Informações básicas – Este costuma ser o cabeçalho do currículo. Nele, é importante que você coloque informações básicas sobre você, bem como nome, data de nascimento e endereço, além de informações para contato, como telefone, celular e e-mail. Isto facilitará o contato entre você e o recrutador, e o permitirá que ele passe a te conhecer a partir deste momento;

Seja objetivo – Com o dia a dia corrido que vivemos hoje em dia, economizar tempo é algo precioso. Por isso, seja objetivo. Não ocupe espaço no seu currículo com coisas que não irão agregar algo positivamente. Seja sucinto e direto;

Boas referências – Colocar em seu currículo instituições renomadas nas quais você já estudou, faz com que você ganhe alguns pontos extras com o recrutador. Algumas desses instituições que tem mais nome no mercado costumam ser boas referências no momento de selecionar um candidato;

Evite elogiar a si mesmo – Bons profissionais provam sua capacidade através de seu trabalho, e não com elogios. Este tipo de conteúdo pode dar a impressão de que você tem um ego muito inflado, e talvez não consiga trabalhar em equipe. Atente-se a isso antes de distribuir seu currículo;

Design do arquivo – Imagine que você é quem está recebendo o arquivo, e ao abri-lo você dá de cara com um design ruim. O que pensaria? Neste momento, pesquise bons modelos de currículos para não cometer um erro na visualização do arquivo. A poluição visual pode prejudicar todo o bom trabalho que você fez escrevendo o seu currículo. Busque por modelos com fácil visualização e localização das informações;

Escrita – Revise todo o conteúdo que escreveu e verifique se não cometeu nenhum erro de português! Este tipo de equívoco pode ser determinante para que você nem sequer seja chamado para uma entrevista. Utilize o português claro e bem escrito, sem gírias ou abreviações.

Com estas dicas, causar uma boa primeira impressão será consequência. Se atente a todos os itens e verá que todo este processo é ainda mais simples do que possa parecer. Boa sorte!

VIA: Liberdade para fazer aquilo que ama!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *