Investimento: qual a quantia necessária para abrir um negócio com tranquilidade e ter uma reserva para emergências?

Ao decidir abrir um negócio, é comum que surjam muitas dúvidas na cabeça do empreendedor. Questões como custos iniciais e quais os procedimentos devem ser feitos para fazer o processo legalmente são as mais corriqueiras.

O que precisamos calcular para saber qual será o custo inicial do empreendimento? Não existe um custo fixo neste tipo de cálculo, uma vez que existem diversos ramos de trabalho no mercado.

Ao abrir um negócio ou franquia, devemos considerar os custos gerais, desde a locação do espaço, até a contratação de funcionários. Primeiro, é necessário definir os principais centros de custo da empresa, como locação de ponto comercial, custos com propaganda, despesas com formalização do empreendimento em órgãos públicos, matéria prima, entre outros.

Supondo que iremos abrir uma confeitaria, teríamos como custo inicial os seguintes itens:

– Ponto comercial;

– Reforma;

– Maquinário;

– Utensílios de cozinha;

– Matéria prima para confecção dos doces;

– Uniformes;

– Propaganda;

– Despesa com órgãos públicos;

– Caixa (computador e máquinas de cartão);

Para ter uma ideia da quantia necessária, faça uma pesquisa rápida e defina valores para cada um destes itens – se puder especificá-los, dividindo-os em subitens, o valor final será mais preciso.

Vamos supor que o custo bruto para abrimos esta confeitaria esteja em 250 mil reais, distribuídos entre os itens que listamos. Temos capital suficiente para abrir o negócio, cobrindo todos os seus custos básicos. Mas e se houver alguma emergência?

Vários imprevistos podem acontecer durante a montagem de um negócio. Um deles é o gasto com a reforma. Inicialmente, levamos um empreiteiro para verificar a estrutura do local, e sinalizar sobre as necessidades da reforma. Ao iniciar esta obra, é encontrado um problema estrutural que não estava nos planos. O que fazer?

Por esse motivo, ou demais imprevistos que possam aparecer, é necessário ter uma reserva de emergência. Separar para esta reserva cerca de 10% do valor total investido no negócio garantirá que você esteja preparado para futuras surpresas.

Abrir um negócio demanda muito preparo da parte do empreendedor. Se cercar de bons profissionais neste processo é essencial para garantir que tudo dê certo no final. Se prepare e invista com confiança no seu negócio!

VIA: Liberdade para fazer aquilo que ama!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *