Como se preparar para abrir seu próprio negócio 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo SEBRAE, ter o próprio negócio era o sonho de 31,7% da população brasileira em 2016, perdendo apenas para os desejos de viajar pelo Brasil e ter carro e casa própria. A vontade de empreender supera, inclusive, a de fazer carreira em uma empresa, que é compartilhada por cerca de 19% dos brasileiros.  

Você também faz parte desse grupo que sonha em embarcar no empreendedorismo? Então, responda rápido: por que ainda não tem o seu próprio negócio? Será por que tem um emprego estável e não se sente seguro de abandonar o regime CLT? Ou por que considera a abertura e gestão de uma empresa muito burocrática? Ou por que ainda tem medo do fracasso?

Se você respondeu sim para qualquer uma dessas perguntas, saiba que todas essas questões podem ser resolvidas com uma solução: planejamento.Se preparar adequadamente é dos principais pontos que dividem empresas que prosperam daquelas que fecham as portas pouco tempo depois de abrirem, e se você quer fazer parte do primeiro grupo o segredo é se planejar muito bem antes de inaugurar seu novo empreendimento. A seguir, confira nossas melhores dicas de como se preparar para abrir seu próprio negócio.

Tome o seu tempo  

Ter vontade e realizar são momentos bem diferentes e é preciso dar muitos passos entre um e outro. Por isso, não tenha pressa de empreender se você sente que ainda não se preparou o suficiente.  

Iniciar um negócio sem ter tido tempo para planejá-lo com cuidado é uma das principais causas de mortalidade das empresas e, por isso, ter pressa nesse momento não é o ideal.

Estude onde investir  

Um dos primeiros passos para abrir seu próprio negócio e realizar um estudo profundo sobre o mercado no qual você pensa em investir.  

Independente se a sua intenção é continuar no mesmo segmento em que já atua hoje, ou mudar totalmente de ramo, é essencial fazer uma análise do setor com uma visão de investidor e tentar compreender quem é o público alvo deste mercado, em que momento eles consomem, quem são os concorrentes e os fornecedores.  

Quando tiver levantado todas essas informações, será muito mais fácil desenhar um negócio que esteja integrado às tendências do mercado e possa atender as necessidades dos consumidores, mas que também traga algo novo para o setor e tenha uma marca própria.   

Crie um Plano de Negócios

O momento de tirar as ideias do papel é decisivo, e uma das melhores maneiras de fazer isso é em criando um Plano de Negócios, ou Business Plan.  

Trata-se de uma ferramenta administrativa que permite que o empreendedor organize todos os detalhes da sua operação de uma forma sistemática e bastante visual. O Plano de Negócios também é bastante completo e cobre áreas como financeiro, comercial, administrativo, operacional e marketing, proporcionando uma visão geral do negócio.  

É nesse momento em que o empreendedor poderá conferir se o seu modelo de negócio e operação realmente podem funcionar na prática e fazer ajustes para melhorar os resultados.   

Se planeje financeiramente

Quem quer abrir seu próprio negócio precisa estar muito bem preparado financeiramente. Em primeiro lugar, porque abrir uma empresa, naturalmente, já deve demandar investimento na criação e registro da marca, aluguel de ponto comercial e formação de estoque, por exemplo. E, segundo, porque durante os primeiros meses a empresa estará se estabelecimento no mercado e a receita proveniente desse início da operação deve ser usada para recuperar o investimento feito, e não como lucro.

Por conta disso, é fundamental que o empreendedor calcule qual será o orçamento necessário não só para abrir o negócio, mas para mantê-lo operando até que comece a lucrar.  

Se capacite e encontre as melhores ferramentas  

Talvez você já seja um líder nato e esteja acostumado com o dia a dia de um negócio, mas é importante apurar se é necessário se capacitar ainda mais para fazer a gestão da sua empresa de uma forma mais profissional.  

Além do conhecimento técnico, as ferramentas de gestão financeira, administrativa, de RH, marketing e tecnologia também são fundamentais para sua empresa começar com o pé direito e continuar prosperando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *